sábado, 19 de abril de 2014

Governo do estado anuncia novas medidas para Segurança Pública do RN

Governo do estado anuncia novas medidas para Segurança Pública do RNA cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Norte esteve reunida na manhã deste sábado (19), na Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, para apresentar o resultado da reunião entre a Governadora Rosalba Ciarlini e a câmara temática da segurança. Participaram da reunião o titular da Sesed, general Elieser Girão, os comandantes Gerais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, cel. Francisco Araújo e cel. Elizeu Lisboa Dantas, do Delegado Geral da Polícia Civil , Adson Kepler, e do adjunto, Ricardo Sérgio, da diretora do ITEP, Raquel Taveira, e do procurador Geral do Estado, Miguel Josino. As principais definições foram apresentadas pelo titular da Sesed, e envolvem o envio para a Assembleia Legislativa da revisão da lei de promoção de Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, um novo concurso público para o Corpo de Bombeiros, nomeação de delegados, escrivães e agentes da Polícia Civil, revisão nos valores das diárias operacionais para policiais, abertura de cursos para a Polícia Militar e Bombeiros para que a promoção dos praças possa acontecer, e uma força tarefa para que o estatuto do ITEP possa ser enviado ao Ministério Público do Estado (MPE) na terça-feira (22). Além destas medidas, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, convocará semanalmente reuniões da cúpula da Segurança Pública para acompanhar a logística e as pendências da pasta. De acordo com o Elieser Girão, a Lei de Promoção de Praças será encaminhada para a AL até o dia primeiro de maio deste ano. Da mesma forma, um novo concurso para praças e oficiais do Corpo de Bombeiros será lançado. Em relação à Polícia Civil foi determinado que sejam nomeados oito delegados, 13 escrivães e 31 agentes, também seguindo o trâmite na casa Legislativa. No Corpo de Bombeiros, será encaminhada até o dia primeiro de maio a Lei de Segurança e Combate a Incêndios e Pânico, garantindo maior segurança aos estabelecimentos que dependem da vistoria do órgão.

O secretário de Segurança Pública exaltou as medidas e declarou que as iniciativas partiram da sensibilidade da Governadora. “Essas questões que anunciamos são respostas que demos à sociedade em menos de 35 dias de gestão. São demandas que estavam reprimidas há dezenas de anos, que levamos à Governadora e foram solucionadas imediatamente”, declarou, falando que as medidas foram discutidas na comissão formada pela Segurança Pública potiguar, com reuniões semanais para avaliar o funcionamento estratégico da pasta e solucionar as demandas reprimidas em todas as áreas, com reposta ágil para questões mais urgentes. O comandante-Geral da PM também falou sobre a decisão de Rosalba Ciarlini: “A Governadora foi muito sensível atender aos pleitos dos militares estaduais. Isso é uma conquista da Polícia Militar, estávamos precisando disso há muito tempo. Isso que será feito é uma garantia na carreira dos policiais. É um benefício para o servidor e para as respectivas famílias. Não temos como calcular o tamanho disso para os PMs”, comentou coronel Araújo. O comandante-Geral do Corpo de Bombeiros ressaltou a importância das medidas anunciadas, e destacou a promoção dos praças. “As instituições militares estão muito agradecidas por essa decisão. Isso aumentará com certeza o atendimento à sociedade, melhor atendimentos nas missões porque nos sentimos valorizados e daremos melhores repostas à população”, observou. O delegado-geral Adjunto da Polícia Civil, Adson Kepler, enfatizou as iniciativas e comentou que elas terão impacto positivo na categoria. “O Governo já tinha adotado medidas que melhoraram qualitativamente e quantitativamente as operações da Polícia Civil, que foi com o pagamento de todas as diárias operacionais e de viagens. Isso passa pela valorização dos policiais envolvidos nas operações”, disse. Miguel Josino, procurador Geral do Estado, adiantou que as decisões anunciadas são relevantes e que o trabalho irá continuar. “As decisões anunciadas pela Governadora e pelo General Girão foram muito importantes, mas as ações continuarão. A Procuradoria Geral do Estado está trabalhando de forma articulada com o Ministério Público Estadual e Federal, além da Procuradoria Geral da República porque encaramos isso com uma defesa estratégica do Estado. Estamos fazendo isso porque não permitiremos que a segurança da população esteja em risco”, encerrou.

Fonte:  ASSECOM/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados aqui, são de inteira responsabilidade dos leitores e não refletem a opinião do nosso Portal