domingo, 20 de setembro de 2015

Polícia prende irmãos que esconderam a arma que matou PM em Parnamirim

Durante uma coletiva de imprensa, realizada neste sábado (19) na sede da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), foi anunciada a prisão dos irmãos Catiane Guilherme do Nascimento (19 anos) e Cassiano Guilherme do Nascimento (26 anos). Os dois foram presos pela Polícia Militar e são suspeitos de terem fornecido ajuda para a dupla que matou o policial militar Márcio de Souza Costa (38 anos), nesta sexta-feira (18), na cidade de Parnamirim.

“Depois do crime, um dos assassinos do soldado decidiu esconder o revólver 38 usado para matar o policial. Ele pediu para que Catiane Guilherme ficasse com a arma. Logo depois, ela decidiu repassar o revólver para o irmão Cassiano Guilherme, que escondeu a arma em um coqueiro, localizado na área da residência onde mora”, detalhou o delegado titular da Dehom, Fábio Rogério. Policiais militares localizaram os irmãos e os prenderam em flagrante com a arma do crime. Eles serão autuados pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e favorecimento real.
Cedida
Polícia prende irmãos que esconderam a arma que matou PM em Parnamirim
Logo após o crime, a Polícia Militar começou a realizar vários monitoramentos - Foto cedida
Logo após o crime, a Polícia Militar começou a realizar vários monitoramentos na área, denúncias anônimas foram recebidas na Central do Disque-Denúncia 181 e a Polícia Civil começou o processo de investigação. “Essa rápida resposta sobre a morte do nosso companheiro é resultado de um trabalho incessante. Agradecemos a população que colaborou fornecendo denúncias e vamos continuar firmes na luta contra os criminosos. Essas prisões também mostram todo o empenho da Secretaria de Segurança e Defesa Social do RN(Sesed)”, detalhou o Capitão Eduardo Moreira, do 3º. Batalhão da Polícia Militar.
Cedida
Polícia prende irmãos que esconderam a arma que matou PM em Parnamirim
Polícia prende irmãos que esconderam arma usada para matar policial militar- Foto cedida
“A investigação do caso é de competência da 1ª. Delegacia de Polícia de Parnamirim, mas fomos designados pela Delegacia Geral de Polícia Civil a realizarmos a investigação. Esperamos prender em breve, os dois autores responsáveis pela morte do soldado Costa. Já temos os nomes dos dois homens que mataram o soldado Costa, mas vamos manter os nomes em sigilo. Nossas investigações continuam e estamos realizando diligências para prender os suspeitos”, esclareceu o delegado titular da Dehom, Fábio Rogério.

Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados aqui, são de inteira responsabilidade dos leitores e não refletem a opinião do nosso Portal