segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Violência: 23 mortos no RN nas últimas 24 horas

O fim de semana foi de violência em todo o Rio Grande do Norte. Entre o sábado e domingo (27), 23 pessoas foram mortas na capital e interior do estado. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social afirmou que a Delegacia de Homicídios (Dehom) vai investigar os crimes e ressaltou que, apesar das mortes, o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) tem diminuído.
Violência: 23 mortos no RN nas últimas 24 horas
Policial militar Daniel Henrique da Silva foi uma das vítimas da violência
De acordo com a Sesed, após o pico nos índices de assassinatos registrados neste fim de semana, a secretaria trabalha com todas as possibilidades de motivações, entre elas, o confronto entre facções criminosas pelo tráfico de drogas. Porém, o Executivo afirmou que ainda é muito prematuro falar sobre alguma relação entre os crimes. Para a investigação, o Instituto Técnico de Perícia (ITEP) e da Polícia Civil recolheu provas nos locais dos crimes, que deverão ser usadas na elucidação destes casos. Ainda segundo a Sesed, o patrulhamento já foi intensificado na capital, visando monitorar os locais onde ocorreram os assassinatos.

Em comunicado, o Governo tem tratado a redução dos CVLIs de "forma comprometida, transparente e compartilhada com todos os setores da sociedade por meio da Câmara Técnica de Mapeamento dos Crimes Violentos Letais Intencionais, instituída pelo Governo do Estado, em fevereiro deste ano, com o objetivo de melhorar a inteligência sobre a investigação, prevenção e repressão dos crimes intencionais contra a vida".

Ao todo, 21 pessoas foram mortas na Grande Natal, sendo 14 somente na zona Norte de Natal. Os outros dois homicídios ocorreram em Serra do Mel, quando um homem foi morto dentro de um bar por outros dois que chegaram em uma motocicleta, e em Apodi, com a vítima sendo executada a tiros no caminho de casa após uma briga de bar.

Números

Segundo levantamento da Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), o Rio Grande do Norte registrou pelo sétimo mês consecutivo redução nos índices de crimes violentos letais intencionais, o que não ocorria nos últimos dez anos. No acumulado dos oito primeiros meses de 2015 a redução foi de 12,03% no número de CVLIs, caindo de 1.214 em 2014 para 1.068 este ano, o que representa 146 assassinatos a menos neste período.

Em agosto deste ano, a queda nos índices de CVLIs chegou a 6,25%, quando comparado com o mesmo mês do ano passado, caindo de 144 mortes para 135.

Em Natal, a redução no número de crimes violentos letais intencionais foi ainda mais significativa, caindo de 395 mortes de janeiro a agosto de 2014 para 311 assassinatos no mesmo período deste ano, o que significa uma redução de 21,27%, ou seja, 84 assassinatos a menos na capital. A zona Sul apresentou a maior redução (-59,09%), seguido pela Leste (-20,37%), Norte (-15,72%) e Oeste (-12,39%).

Todos os meses os relatórios são analisados e amplamente divulgados na imprensa, pela Coordenadoria de Informações Estatísticas e Análise Criminal (Coine) da Sesed na primeira quarta-feira de cada mês.

Da Tribuna do NOrte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários postados aqui, são de inteira responsabilidade dos leitores e não refletem a opinião do nosso Portal